Finalizado nesta sexta-feira (24/6), em São Paulo (SP), o IV Encontro de Ouvidores Judiciais contou com participação de representante do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (TJTO). A coordenadora da Ouvidoria do Judiciário tocantinense, Alessandra Adorno, participou do encontro, realizado na sede do Tribunal de Justiça de São Paulo, com apoio da Associação Paulista de Magistrados (Apamagis).

As discussões começaram na quinta-feira (23/6). Ouvidores e representantes debateram o papel do setor no âmbito judicial e extrajudicial, bem como nas cortes superiores.

Entre os aspectos abordados pelos participantes, estão o objetivo de as ouvidorias contribuírem com o aprimoramento dos serviços da Justiça. O setor serve como termômetro das demandas da sociedade, como canal de comunicação e solução de problemas e demandas.

Discussões

No primeiro dia de evento houve as seguintes palestras: "A Ouvidoria nas cortes superiores", por Paulo Dias de Moura Ribeiro, ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ); "A Justiça do Trabalho e o papel da Ouvidoria Judicial", por Helcio Dantas Lobo Junior, desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região; "Os cartórios extrajudiciais e os reflexos da Ouvidoria", por Daniel Paes de Almeida, presidente do Colégio Notarial do Brasil - Seção São Paulo; e "Ouvidoria Nacional da Mulher e os canais de comunicação – função e efetividade", com Tânia Regina da Silva Reckziegel (desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região); Maria de Lourdes Rachid Vaz de Almeida (desembargadora do Tribunal de Justiça de São Paulo); e Gilda Cerqueira Alves Barbosa Amaral Diodatti (desembargadora do Tribunal de Justiça de São Paulo).

Já nesta sexta-feira, houve a II Reunião da Rede de Ouvidorias Judiciais, conduzida por Luiz Fernando Bandeira de Melo Filho, ouvidor Nacional do Conselho Nacional de Justiça.

Texto: Comunicação do TJTO, com informações do TJSP
Foto: TJSP/Divulgação