Publicada no Diário da Justiça Eletrônico, a portaria 2351 designa membros do grupo de trabalho que vai cuidar da normatização das Centrais de Mandados Automatizadas. Conforme o artigo 1º, os membros são "responsáveis apresentar proposta de ato normativo para padronizar as rotinas das Centrais de Mandados Automatizadas, no âmbito do Poder Judiciário do Estado do Tocantins".

O despacho é assinado pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins, desembargador João Rigo Guimarães. O magistrado determinou que o grupo tem até o dia 12 de novembro para concluir as atividades.

O coordenador do grupo é o juiz auxiliar da Presidência do TJTO, Manuel de Faria Reis Neto. Farão parte do grupo ainda os juízes Flavia Afini Bovo, Renata do Nascimento e Silva, Marcelo Laurito Paro, William Trigilio da Silva, Wallson Brito da Silva, a assessora jurídica Celma Barbosa Pereira (membro representante da Diretoria Judiciária, a DIJUD) e Luana Gonçalves Rodrigues (presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Tocantins, o SINDOJUS-TO).

Clique aqui e confira a portaria.

Texto: Cristiano Machado
Comunicação TJTO