Com o processo de implementação iniciado em janeiro, a Secretaria Unificada das Varas Cíveis de Palmas já está em funcionamento no Fórum da Capital, caminhando para a sua consolidação, que ocorrerá com a implantação de um novo sistema de funcionamento dentro do Eproc, interligando os gabinetes às secretarias da Comarca.

As adequações, que estão sendo realizadas pela equipe da Diretoria de Tecnologia e Informação (DTINF) e foram apresentadas em reunião no Fórum de Palmas, no último dia 5, têm o objetivo de, entre outros pontos, otimizar e agilizar o cumprimento dos atos cartorários no âmbito da Comarca. Ficou acordado um prazo de cerca de 70 dias para o sistema ser implantado, a partir da data da referida reunião.

Hoje, a equipe da Secretaria trabalha a partir do acesso aos logins de todas as varas. Com a consolidação do sistema, a secretaria e os gabinetes atuarão de forma autônoma.

Atendimento por telefone/presencial

Atualmente, os telefones de atendimento da Secretaria Unificada são: (63) 3218-4569, 3218-4511 e 3218-4565, além do atendimento presencial em balcão, lembrando que os servidores que irão cumprir os atos da Secretaria não terão acesso ao público ou atendimento em balcão, para não prejudicar o cumprimento dos atos dos magistrados.

Já em relação aos juízes, cada gabinete, em virtude da Covid-19, pode estabelecer um atendimento especifico (presencial, via skype ou por telefone.

Trabalho otimizado

Segundo a juíza Silvana Parfieniuk, a Secretária Unificada Cível foi pensada no sentido de melhorar o cumprimento dos atos cartorários em relação a todas as varas de Palmas, mas de acordo com ela, o sistema não está sendo funcional, gerando até um retrabalho. “Hoje nós temos uma secretária que consulta cada vara, separa os processos e só depois cumpre. Então quando criado esse sistema, os gabinetes irão despachar os atos, que cairão direto na secretaria, que fará o cumprimento”, ressaltou a magistrada, lembrando ainda que dessa forma o trabalho será otimizado.

Aumento de produtividade

Já de acordo com Flávia Afini Bovo, diretora do Fórum, essa iniciativa vai aumentar a produtividade e, sobretudo, melhorar o atendimento ao público e aos advogados, tanto de forma presencial como virtual. “Com essa unificação, todos os atendimentos das 6 varas cíveis da capital serão feito nesse setor, chamado Secretária Unificada”,  ressaltou ela, destacando também a importância de cada  servidor ter um local especifico de atendimento, ao público, advogados e aos possessos cíveis, para que o rendimento destes seja adequado.

Presenças

Participaram ainda da reunião, além dos já citados, o juiz auxiliar da presidência do TJTO, Manuel Faria Reis Neto; os juízes Agenor Alexandre, José Maria Lima, Rodrigo Perez e Edssandra Barbosa; o diretor judiciário Wallson Brito; e as escrivãs Esly Abreu, Karla Francischini e Rosileide Lima.

Texto: Rosimeire Alves Sousa / Fotos: Rondinelli Ribeiro

Comunicação TJTO