O Poder Judiciário do Estado do Tocantins lamenta a perda, nesta semana, da psicóloga e professora Nara Wanda Zamora Hernandez. A psicóloga, que prestou grandes serviços à Justiça tocantinense, faleceu na última segunda-feira (04/05), em Palmas, após complicações provocadas por um câncer que combatia há cerca de dois anos.

Nara Wanda colaborou com o Judiciário na Junta Médica Oficial, como perita nomeada ad hoc, em demandas judiciais cíveis e criminais. E ainda realizando avaliações psicológicas e estudo da personalidade de crianças e adultos, além de perícias administrativas e supervisões técnicas no período de 2011 a 2015.

Wanda foi a primeira professora de Psicologia do Centro Universitário Luterano de Palmas. Natural de Cuba, foi naturalizada brasileira e, radicada há mais de 25 anos no Tocantins, teve sua trajetória marcada pela preservação da vida humana.

O Tribunal de Justiça Tocantins (TJTO) lamenta que, em razão da pandemia do novo coronavírus, familiares e amigos de Wanda não puderam se despedir dela da forma desejada. Neste contexto, estendemos a nossa solidariedade e apoio a todos os que se comoveram com sua partida.

Texto: Natália Rezende
Comunicação TJTO