A vice-presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), desembargadora Ângela Prudente, participou da solenidade de posse da nova diretoria da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica – Comissão Tocantins (ABMCJ-TO), realizada na última quarta-feira (11/3), no plenário da OAB-TO, em Palmas. O evento contou com a presença da presidente nacional da ABMCJ, Manoela Gonçalves Silva, entre outras autoridades.

A presidente da ABMCJ/TO, Elaine Noleto Barbosa, deu posse a 13 mulheres, entre advogadas, promotoras, procuradoras e delegadas de polícia, que passam a compor a nova diretoria e os conselhos fiscal e deliberativo. Gizella Magalhães Bezerra Moraes Lopes, chefe de gabinete do desembargador Ronaldo Eurípedes, foi empossada no cargo de secretária-geral.

Em seu discurso, a desembargadora Ângela Prudente, que possui o título de Associada Honorífica da entidade, destacou que a Comissão Estadual da ABMCJ conta com membros de significativa capacidade. “Valorosas mulheres que têm a nobre missão de lutar por direitos como a vida, a não violência, a igualdade de gênero e a tantos outros direitos, ainda hoje sonegados.”

Após a solenidade de posse, os convidados puderam assistir à palestra com o tema “Mulheres: da Filosofia ao Direito”, que foi proferida pelo diretor adjunto da Escola Superior da Magistratura Tocantinense (Esmat), juiz de direito Wellington Magalhães.

Sobre a ABMCJ

A Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica é uma organização não governamental de juristas, fundada no Brasil em 1885, sendo que está no Tocantins há 29 anos. É integrante da Féderstion Internacional e des Femmes de Carriéres Juridiques (FIFCJ) e colaboradora da ONU Mulheres.

Texto: Mara Roberta / Fotos: Ronaldo Mitt/MPE

Comunicação TJTO