Em sua primeira visita ao Estado, Myriam Tricate, coordenadora nacional da Rede de Escolas Cadastradas na Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), esteve nesta terça-feira (25/6) visitas ao Centro de Educação Infantil Nicolas Quagliariello Vêncio do Tribunal de Justiça do Tocantins e na sede do TJTO.

A intenção da visita foi promover, em conjunto com a Secretaria Estadual de Educação do Tocantins, com diretores de ensino e diretores de escola, a fim de apresentar a rede de escolas cadastradas e multiplicar em escolas públicas as diretrizes da organização.

Durante a visita na sede do TJTO, a coordenadora da Unesco, Myriam Tricate destacou que o trabalho do CEI é muito importante. “O CEI será a referência para as novas escolas e, nesta visita, podemos contemplar as coisas que estão acontecendo. Vocês darão início neste trabalho e estamos procurando melhorar cada vez mais a educação para conseguir melhores resultados”.

A equipe do Judiciário, o juiz auxiliar da Presidência, Océlio Nobre, o diretor geral, Jonas Demóstene Ramos, e a assessora de planejamento e desenvolvimento institucional da Esmat, Maria Luiza Nascimento, receberam a coordenadora da Unesco. Na ocasião, o juiz auxiliar da Presidência destacou a honra da visita. “Ficamos felizes em receber a visita de vocês. O CEI é um orgulho para o Poder Judiciário e é uma referência para o município de Palmas. Destaco a importância dos valores que a escola ensina e falo isso com muita felicidade”.

O CEI/TJTO também será apresentado na reunião como o único da Região Norte certificado pela Unesco e que faz parte do programa. A instituição de ensino comemorou o recebimento da chancela e o logotipo da Unesco foi incluído nas atividades do CEI em março de 2015, ocasião em que toda a equipe pedagógica começou a receber formação e orientação sobre os temas trabalhados anualmente pela rede de escolas.

Segundo a coordenadora Luciana Carvalho, a experiência serviu para apresentar fisicamente os projetos desenvolvidos pelo centro de ensino, e ainda, espalhar as boas ações baseadas em sustentabilidade e valorização dos direitos humanos para a rede pública.

Programa de Escolas Associadas à Unesco

O Programa de Escolas Associadas - PEA foi criado para estender os objetivos da Unesco no campo da Educação. É um braço fundamental nesse trabalho, pois parte do conceito de que a guerra nasce na mente dos homens e é lá que deve ser combatida. O PEA está presente em 130 países.

Toda escola associada recebe um certificado internacional de escola membro e tem o direito de utilizar a logomarca do PEA e do Ano Internacional em vigor. Pode receber também materiais eventual ou periodicamente produzidos pela Unesco e participar de concursos internacionais lançados com frequência pela Unesco e outras instituições a ela ligadas. Por diversas vezes, alunos brasileiros foram convidados a viagens internacionais, em função dessas atividades.

Texto: Natália Rezende / Fotos: Rondinelli Ribeiro.

Comunicação TJTO