O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de Pedro Afonso realizou, na última sexta-feira (26/10), uma oficina de Pais e Filhos. A ação com foco em famílias que vivem um processo de separação, envolveu cerca de 40 pessoas. O objetivo é fortalecer o vínculo familiar, uma vez que a separação dos cônjuges não deve significar o fim da família.

A oficina teve duração de quatro horas e foi conduzida pelos próprios servidores do Cejusc e voluntários. Os participantes também assistiram à palestra com o advogado Marcos André Silva Oliveira, especialista em Educação em Direitos Humanos. Ele abordou temas como alienação parental, relação entre pais e filhos, guarda e pensão alimentícia.

Durante a abertura das atividades, a Juíza coordenadora do CEJUSC, Luciana Costa Aglantzakis, ressaltou a importância das oficinas e a presença de ambos os pais na criação dos filhos.

Os pais, crianças e adolescentes que participaram da dinâmica receberam, ao fim do encontro, cartilhas elaboradas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com orientação sobre o processo de separação.

Comunicação - TJTO