“É chegada a hora de me despedir. Deixo essa Corte com a certeza de dever cumprido”. Com essas palavras, o Desembargador José Maria das Neves anunciou sua aposentadoria da Magistratura. A sessão solene em sua homenagem foi realizada na tarde desta quinta-feira (08/04), no Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça e contou com a participação de diversas autoridades, amigos e familiares do Desembargador.

Emocionado, o Desembargador agradeceu a compreensão da família, representada por seus filhos Adriano Neves, Marcelo Neves, Ana Caroline das Neves e Vitor Neves, presentes no evento. Agradeceu ainda, aos pares, aos Servidores do Judiciário, em especial aos que o acompanharam durante sua carreira, pelo empenho e dedicação ao ofício. “Sem o esforço e dedicação de cada um, minha tarefa seria mais pesada, talvez impossível de ser realizada”, frisou.

Em quase 30 anos de Magistratura, o Desembargador fez parte da história do Estado, sendo Juiz das Comarcas de Paranã Araguatins, Araguaína, Xambioá e Filadélfia, presidindo o Tribunal de Justiça, e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), nos anos de 1989, 1999 e 2003, e também conquistando amigos e admiradores. A Presidente do TJTO, Desembargadora Willamara Leila, está entre os admiradores, tanto que entregou, em nome do Poder Judiciário, uma placa de homenagem ao Desembargador pela dedicação e serviços prestados. “O Desembargador é um homem de grande coração. A sua aposentadoria é uma grande perda para o Tribunal de Justiça, vamos sentir e nos ressentir da ausência de Vossa Excelência”, frisou a Desembargadora destacando o momento ímpar. “Fecha-se um ciclo e inicia-se outro, deixando um exemplo de homem honrado, pai, Magistrado e amigo”, disse.
O “Coral De Canto a Canto”, formado por Servidores do TJTO, também homenageou o Desembargador entoando as canções Cio da Terra e Asa Branca.

Discursos
O Presidente da OAB-TO, Ercílio Bezerra, discursou relatando parte da história do Desembargador destacando sua trajetória de homem público comprometido e com postura corajosa de dizer o que pensa. “Em terras nativas isso não se apresenta como defeito. Considero uma virtude”, disse.

O Procurador-Geral de Justiça, Clenan Renaut de Melo, revelou a admiração que nutre pelo Desembargador. “O conheço há muitos anos, quando foi destacado como militar para Tocantinópolis, minha cidade. Mais tarde o encontrei como Juiz de Paranã. Depois, em Miracema, como Desembargador, na época eu era Assessor Jurídico e tive a honra de aprender muito com Vossa Excelência”, afirmou.

Já o Desembargador Carlos Souza, Vice-Presidente do TJTO, afirmou que entre os episódios marcantes de sua carreira está a instalação da Corte do Tribunal de Justiça do Tocantins, juntamente com o Desembargador José Maria das Neves. “Sua trajetória é exemplo autêntico de dignidade e cidadania e de paixão pela justiça. Encerro aqui a nossa parceria, enquanto colega de trabalho, mas que permanece irretocável a nossa amizade”, disse.

O Vice-Governador Eduardo Machado frisou que nem o tempo apagará a marca de serviços prestados ao Tocantins, deixada pelo Desembargador. “Como gestores públicos estamos aqui para dizer da importância da passagem do Desembargador José Neves neste Tribunal por suas ações e, principalmente, por defender os interesses do nosso povo”, falou.

Entre as autoridades presentes estavam, a Defensora Pública Geral, Estellamaris Postal, o Procurador da República, Álvaro Lotufo Manzano, o Presidente da ASMETO, Allan Martins, o Juiz do Fórum da Justiça Federal, José Godinho Filho, o Coronel Marielton Francisco dos Santos, representando o Comandante Geral da Polícia Militar, o Comandante Ricardo da Silva Pinto, Capitão de Corveta da Capitania Fluvial Araguaia Tocantins.
Clique para ampliar 

Desembargador José Neves recebe placa de homenagem da Presidente do TJTO
  
 
Assessoria de Comunicação do TJTO