Em 20 dias de funcionamento em Palmas, a Justiça Móvel de Trânsito realizou 35 atendimentos, quase dois por dia. Deste total, 26 terminaram em acordo, ou seja, cerca de 80% de conciliações. Os números foram apresentados pela Presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins, Desembargadora Willamara Leila, a taxistas da Capital e à Diretoria do Sindicato dos Taxistas do Estado, nesta quinta-feira (25/03), e mostram a eficiência na realização de acordos do Programa do TJTO.

Araguaína e Gurupi, onde o Programa foi implantado há 12 dias, todas as ocorrências terminaram em conciliação. “Queremos que o número de acidentes reduza, mas enquanto eles existirem que o número de conciliação seja maior. Queremos chegar a 100% de acordos, pois assim reduziremos os processos e desgastes judiciais”, disse a Presidente.

O Programa foi lançado com sucesso, no início deste mês, em Palmas, Araguaína e Gurupi. O Justiça Móvel oferece aos cidadãos envolvidos em acidentes de trânsito sem vítimas, uma solução rápida dos conflitos, ainda no local do acidente, priorizando a conciliação imediata das partes, diminuindo os processos formais. Para acionar a Justiça Móvel de Trânsito, basta ligar no telefone 159, nos dias úteis, entre as 7h30 e 19h30.

Na reunião com os taxistas, a Desembargadora destacou a importância do apoio da categoria para que a Justiça Móvel seja cada vez mais eficaz. “Os taxistas são pessoas importantes, que conhecem a cidade, acompanham os passageiros que chegam e partem, sendo fundamentais aliados em projetos como o Justiça Móvel”, afirmou ressaltando que o Programa está no caminho certo e que caminhará para ser referência no país. Além disso, a Presidente elogiou os motoristas que sempre tratam o cliente com respeito e urbanidade.

O Presidente do Sindicato, Manoel Batista do Nascimento, parabenizou a iniciativa do TJTO. “Nós podemos colaborar com o Programa, ajudando na divulgação”, afirmou.

Projetos
Além de assistir a um vídeo mostrando o funcionamento da Justiça Móvel, os taxistas receberam kits do programa com adesivo, folder e lixeira para carro. Um vídeo institucional do TJTO com os desafios de infra-estrutura e as obras de construção do Centro de Educação Infantil, de 13 fóruns, das Unidades Judiciárias, e da reforma em mais 17 fóruns, empreendidas pela atual gestão do Judiciário do Estado, foi exibido durante o encontro. “O povo precisa de Justiça mais perto, é isso que estamos buscando. Quando um cidadão procurar um fórum, ele precisa encontrar o prédio em boas condições de atendimento, assim como o Servidor merece um bom ambiente de trabalho”, frisou a Presidente.

Ao final do encontro, os taxistas agradeceram a Presidente Willamara Leila pela iniciativa da reunião. Pioneiro em Palmas, o taxista Francisco Alves de Oliveira, na praça desde 1990, sentiu-se honrado com o convite, já que esta seria a primeira vez que o Poder Judiciário se reunia com a classe.
  
 
Assessoria de C