Os resultados da avaliação do Programa “Gestão por competências” com servidores da área meio do Poder Judiciário do Tocantins foram apresentados ao presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins, desembargador Ronaldo Eurípedes, na manhã desta segunda-feira (4/4). Foram avaliados os gabinetes da presidência e dos desembargadores, Corregedoria Geral da Justiça, Escola Superior da Magistratura Tocantinense (Esmat) e diretorias do Tribunal. O programa “Gestão por competências” do TJTO teve início em 2014 e, no ano passado, realizou a avaliação dos servidores da área fim e dos magistrados.

O presidente Ronaldo Eurípedes afirmou, após conhecer o resultado da avaliação, que “buscamos dados para aprimorar a gestão. Com as informações trazidas pelo programa, vamos direcionar os cursos de qualificação de servidores e, como consequência, ganharemos profissionais mais preparados e voltados para a verdadeira atividade fim do Poder Judiciário, que é a prestação jurisdicional ao cidadão”.

O coordenador do “Comitê do Gestão por competências”, juiz auxiliar da presidência Roniclay  Alves de Morais, reforçou o propósito do trabalho. “Após esse diagnóstico, uma vez detectadas as competências que a pessoa precisa para exercer determinado cargo, vamos trabalhar junto à Esmat para oferecer os cursos necessários para qualificação do servidor”.

Luiz Pires – Cecom/TJTO

Fotos: Rondinelli Ribeiro – Cecom/TJTO