A Presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), Desembargadora Willamara Leila, participou na manhã desta quinta-feira (08/10) da abertura do 81º Encontro Nacional do Colégio Permanente de Presidentes de Tribunais de Justiça do Brasil. A abertura do evento foi realizada na sede do Tribunal de Justiça de São Paulo e contou com as presenças de presidentes de 23 tribunais estaduais brasileiros. O Encontro será realizado até a próximo sábado (10/10).
O presidente do TJSP, desembargador Roberto Vallim Bellocchi abriu o Encontro falando sobre o orgulho do Tribunal paulista em receber os presidentes dos tribunais de justiça do País. Em seguida, falando em nome do TJSP, o desembargador Renato Nalini fez uma retrospectiva sobre o nascimento do Colégio de Presidentes, destacando a importância do desembargador Odir Porto na criação da entidade, em 1992, e de sua trajetória na magistratura paulista, chegando à presidência do TJSP.

O atual presidente do Colégio Permanente de Presidentes de Tribunais de Justiça do Brasil, desembargador Marcus Antônio de Souza Faver, destacou a importância do Encontro do Colégio estar sendo realizado em São Paulo, berço da revolução constitucionalista de 32, e sua luta por um Estado democrático. Faver lembrou que o Brasil é uma federação em que cada Estado possui características muito próprias e diversificadas e, por isso mesmo, não é possível que se estabeleçam normas iguais para todos eles. “Esse encontro tem características especiais. Em outubro este Colégio estará fazendo aniversário e, como acontece com as pessoas quando fazem aniversário, fazem também uma espécie de introspecção e é isso o que deverá acontecer nestes dois dias,” disse.

O presidente Vallim Bellocchi encerrou a solenidade de abertura elogiando a fala do desembargador Marcus Faver afirmando que ele praticamente fez um resumo dos ideais contidos na carta que criou o Colégio Permanente de Presidentes. Não há como separar o que a natureza já separou, lembrando das peculiaridades existentes em cada estado brasileiro. Ele mencionou a composição do TJ paulista em números, citando circunscrições, comarcas, sentenças e votos proferidos, além da quantidade de funcionários, juízes e desembargadores, demonstrando, dessa forma, a dimensão do maior tribunal do país. (Fonte: Assessoria de Comunicação do TJSP)
  
 
Assessoria de Comunicação do TJTO-fone(63)3218-4437 email:Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.