As vésperas da Semana Nacional de Conciliação, marcada para o período de 28 de novembro a 02 de dezembro, as Varas Cíveis de Palmas, com auxílio da Central de Conciliação e o curso de Direito da Faculdade Católica do Tocantins, organizam mutirão que antecede a data. A Comarca realizará uma série de audiências especiais originadas a partir do pedido do Banco Bradesco S.A que se encontra com inúmeras ações acionadas contra clientes no Judiciário tocantinense. A instituição bancária solicitou a nova ferramenta de pacificação e resolução de conflitos junto à Diretoria do Fórum de Palmas.

 

As audiências acontecem entre os dias 21 e 25 de novembro nas salas de audiências das respectivas varas, localizadas no 2º andar do Fórum de Palmas. Neste caso específico, as ações encontram-se em andamento nas cinco Varas Cíveis da capital, registrando um total de 473 processos, com causas que vão de indenizações por danos materiais e morais, processos de busca e apreensão de veículos, execuções do banco contra partes e ações revisionais de dívidas. Alguns casos perduram mais de cinco anos na justiça sem acordo.

 

Diante dessa situação, a instituição bancária procurou o Diretor do Fórum de Palmas, Juiz Pedro Nelson de Miranda Coutinho que após consenso com os magistrados das respectivas varas, aceitou o pedido e agendou as audiências para os cinco dias.

 

Para facilitar o trabalho, a instituição bancária recebeu todos os processos e pode no momento da audiência fazer propostas de acordo. Os representantes do banco que virão de São Paulo terão poder de decisão, inclusive se necessário formular novas propostas dentro dos limites de interesse do banco.

 

Em tempo hábil, as partes envolvidas nesses processos serão avisadas através de e-mail e telefone.

 

Outras empresas interessadas em seguir o mesmo exemplo podem entrar em contato com a Diretoria do Fórum de Palmas e solicitar a conciliação. O telefone é o (63) 3218-4530.