Durante sessão da Comissão de Seleção e Treinamento do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins, na tarde desta segunda-feira, no auditório do TJTO, os aprovados no Concurso Público para Provimento de Vagas nas Titularidades de Serviços Notariais e de Registros do Estado do Tocantins, nas Modalidades Remoção por Títulos e Ingresso de Provas e Títulos fizeram sua escolha para a serventia extrajudicial que pretendem assumir.

Sob a Presidência do desembargador Moura Filho e com a presença de seus membros, os desembargadores Luiz Gadotti e Daniel Negry, a comissão registrou a seleção de 62 serventias, de 116 disponíveis e 23 abstenções de candidatos de um total de 110 aprovados. Muitos optaram pela escolha de segunda opção, que será deferida caso haja alguma desistência. Estas escolhas foram realizadas, a partir de uma lista prevista no edital do certame, por ordem de classificação de seus aprovados em prova objetiva e discursiva.

Após análise e aprovação dessas escolhas pela comissão, será encaminhada ata de sua realização para a Presidência do TJTO que outorgará seu resultado, abrindo prazo de 30 dias para contestações dos candidatos.

Compuseram a mesa, além dos membros da comissão, o Juiz Corregedor Rubem Ribeiro, que na oportunidade representou a Corregedoria-Geral da Justiça, O Promotor de Justiça Marco Luciano Bignotte, representando o Ministério Público Estadual e Geraldo Henrique Motomizato que representou os Registradores do Estado do Tocantins