Formação de Políticas Públicas em Conciliação e Mediação: magistrados participam do 2º módulo do curso

Juízes das comarcas do Tocantins participaram, nesta quinta e sexta-feira (28 e 29/9), do segundo módulo do curso de “Formação em políticas públicas em conciliação e mediação para magistrados”. A capacitação foi promovida pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), na Escola Superior da Magistratura Tocantinense (Esmat).

A ação busca consolidar a Política Judiciária de Tratamento Adequado dos Conflitos e, durante o segundo módulo, a cultura de paz foi o principal tema abordado. “As atividades realizadas no curso incluíram a abordagem de técnicas de mediação e conciliação, além de critérios a serem utilizados nas demandas que chegam as serventias judiciais”, pontuou a coordenadora técnica do Núcleo de Mediação da Fundação Getúlio Vargas, Juliane Loss, palestrante do curso.

Integrando a turma de magistrados, a diretora do Foro da Comarca de Peixe, juíza Cibele Maria Bellezzia, ressaltou a importância social do conteúdo ministrado durante o curso. “É instrumento de excelente aporte, tendo em vista que, apesar de trabalharmos no dia a dia com isso, cada vez entendemos e verificando outros instrumentais que serão de grande valia no exercício da nossa profissão”, concluiu.

 

Maria Gabriela – Cecom/TJTO

Fotos: Rondinelli Ribeiro – Cecom/TJTO