O Tribunal Pleno do Estado do Tocantins durante a primeira Sessão Ordinária Administrativa de 2013 promoveu, por unanimidade, e empossou na tarde desta quinta-feira (17_01), o Juiz Eurípedes do Carmo Lamounier para integrar a Corte como Desembargador. A promoção do magistrado se deu pelo critério de antiguidade.

Ao abrir os trabalhos, o Presidente em Exercício do TJTO, Desembargador Luiz Gadotti, exaltou ser aquele momento mais uma página na história do Tocantins, destacando a ampliação do quórum do tribunal, que a partir da posse do novo Desembargador amplia-se. Ele também parabenizou o empossado. “Parabenizo o Desembargador Eurípedes Lamounier, destacando sua trajetória nesta Corte”, elogiou ao ser referir à atuação do novo Desembargador, enquanto juiz convocado para o Tribunal Pleno em substituição a Desembargador.

O novo integrante do Tribunal de Justiça, em seu pronunciamento de posse, fez questão de agradecer aos pares pela deferência ao emitirem seus votos de aprovação. Ele se comprometeu em colocar todo seu conhecimento em benefício da sociedade, o que vem fazendo há 23 anos como juiz de primeiro grau, se empenhando com sua mais nova missão  constitucional. “Assumo o compromisso de exercer minha missão constitucional com afinco, ética e disposição que o posto exige”, garantiu do Desembargador Eurípedes Lamounier, e completou: “não medirei esforços, tempo e dedicação até o último dia nessa Corte”, concluiu.

Convidado a dar as boas vindas ao recém-empossado, o Desembargador Marco Villas Boas exaltou o trabalho do novo integrante. “Motivo de honra para esta Corte coroar com láurea o Desembargador Eurípedes Lamounier, por sua trajetória brilhante nas Comarcas onde passou e profícua carreira”, justificou a homenagem.

O Presidente da Associação dos Magistrados do Estado do Tocantins, Juiz Convocado para o Tribunal Pleno Helvécio de Brito Maia ressaltou a importância da posse do novo integrante oriundo da magistratura. Ele o parabenizou em nome de todos os magistrados do Tocantins. Também saudaram o novo desembargador o Procurador de Justiça José Maria da Silva Júnior, representando o Ministério Público Estadual e o Presidente da Ordem dos Advogados Seccional Tocantins Epitácio Brandão.